Diretor da BAE Systems é interrogado por suposto suborno em contrato

Londres, 23 out (EFE).- Um diretor do maior fabricante de armas do Reino Unido, a empresa BAE Systems, foi interrogado pelo Escritório Antifraude do país por causa de um suposto suborno em um contrato de armamento.

EFE |

Julian Scopes, que trabalhou durante 20 anos no Ministério de Defesa britânico antes de comandar a divisão da empresa de relações com o Governo, foi interrogado no domingo passado por agentes do Escritório, informou hoje o jornal "Financial Times".

O interrogatório se inscreve em uma ampla investigação em torno do suposto suborno de pessoas que ocupam posições elevadas e que estiveram envolvidas em contratos de armamento em países da Europa central, como Áustria e República Tcheca.

O Escritório Antifraude se limitou a confirmar que um homem de 55 anos - a idade de Scopes - havia sido detido e interrogado por suspeitas de corrupção e que posteriormente fora colocado em liberdade após pagar fiança.

Scopes teve um papel importante na ratificação de contratos entre a companhia e o Ministério da Defesa britânico e na promoção dos interesses da BAE Systems em círculos governamentais, ressalta o diário.

O diretor da BAE, que agora está à frente das operações na Ásia, foi interrogado no mesmo dia em que a Polícia britânica deteve o conde Alfons Mensdorff-Pouilly quando ele deixava sua residência na Escócia e se dirigia para Viena.

O aristocrata austríaco, que trabalhou como assessor para a BAE, negou, através de seu advogado, ter cometido algum crime.

As autoridades britânicas, suecas e tchecas estudam um acordo, posteriormente cancelado, no qual a BAE e a empresa sueca Saab deviam fornecer 24 caças Gripen às Forças Armadas tchecas.

Este acordo é um dos vários estudados pelo Escritório Antifraude do Reino Unido desde que o Governo do ex-primeiro-ministro Tony Blair decidiu suspender a investigação em torno do suposto suborno pela BAE Systems a personagens da família real saudita. EFE jr/fh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG