Diretor da AIEA diz que ajuda nuclear à Síria não traz risco

Viena, 25 nov (EFE) - O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed ElBaradei, assegurou hoje em Viena que uma requisição da Síria para receber ajuda técnica nuclear não constitui risco de proliferação atômica.

EFE |

Em comunicado, o responsável da Agência afirma que a Síria não pode abusar militarmente de suas instalações nucleares e advertiu de que a iniciativa de vários países de bloquear ajudas técnicas ao país poderia desacreditar a AIEA.

Os Estados Unidos e os principais aliados ocidentais do país querem bloquear um projeto avaliado em US$ 350 mil para avaliar as necessidades técnicas para uma futura usina atômica na Síria.

O mal-estar de Washington se deve ao mais recente relatório da AIEA sobre a Síria, no qual os inspetores da ONU confirmaram que encontraram vestígios de urânio em uma instalação bombardeada no ano passado por Israel no nordeste do país.

Nesse relatório, elaborado após uma visita ao local bombardeado, destaca-se que as instalações encontradas possuem semelhanças a um complexo nuclear, algo que Damasco nega.

O Comitê de Cooperação Técnica do Conselho de Governadores da Agência está reunido desde segunda-feira em Viena e deverá tomar esta semana uma decisão sobre os projetos solicitados por Damasco.

China, Rússia e vários países em desenvolvimento apoiaram a solicitação síria e criticam a politização do programa de cooperação técnica da AIEA.

"O programa de cooperação técnica da AIEA não deveria ser objeto de considerações políticas", afirmou ElBaradei em discurso perante a Junta, segundo a nota divulgada hoje.

Negar a um país ajuda técnica devido a alegações não comprovadas "não é parte de nosso status", afirmou o diretor-geral do organismo.

A Junta inicia suas deliberações técnicas e políticas na quinta-feira, e debaterá não só sobre as atividades nucleares da Síria, mas também do Irã e da Coréia do Norte. EFE jk/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG