Direito de morrer: nova vitória na justiça para a família de Eluana

A família de uma mulher em coma há 17 anos na Itália conseguiu vencer nesta segunda-feira uma nova batalha judiciária para obter a suspensão da alimentação que lhe é fornecida, informou à AFP seu advogado, Vittorio Angiolini.

AFP |

O tribunal administrativo de Milão (norte) anulou uma decisão anterior que impedia a suspensão da alimentação dada a Eluana Englaro.

Eluana Englaro (37 anos) está hospitalizada na região de Milão.

"Não posso senão estar satisfeito", comentou o pai de Eluana, que dirige a batalha em nome de sua filha diante dos tribunais, há 10 anos.

Apesar das pressões da Igreja Católica e do Vaticano, um estabelecimento de saúde de Udine (nordeste) informou que estaria pronto para receber Eluana para que ela aí vivesse os últimos momentos, mas a decisão definitiva deverá ser anunciada antes da próxima semana.

fmi/ema/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG