Diplomatas são atacados por colonos judeus

Um grupo de diplomatas britânicos foi atacado nesta quinta-feira por colonos judeus na cidade de Hebron, na Cisjordânia, segundo informações do consulado da Grã-Bretanha em Jerusalém. Os três diplomatas, o motorista e um guia estavam em um veículo blindado que foi chutado por um pequeno grupo de colonos.

BBC Brasil |

Nenhuma das pessoas no veículo ficou ferida.

Um porta-voz do consulado britânico informou que os diplomatas estavam fazendo uma visita a Hebron guiados por um ex-soldado israelense que agora trabalha para um grupo pacifista chamado Breaking the Silence ("Quebrando o Silêncio", em tradução livre).

Ao entrarem em uma parte da cidade habitada por colonos israelenses, na qual o acesso de palestinos é proibido, o grupo foi hostilizado e impedido de continuar.

Ataque e chutes

O guia dos diplomatas afirmou que os colonos e a polícia israelense impediram que o carro deixasse o local por mais de uma hora.

Segundo o correspondente da BBC em Jerusalém Wyre Davies, Hebron, no sul da Cisjordânia, tem sido o palco da crescente tensão entre grupos pacifistas e colonos, que vivem na área central e histórica da cidade.

Os grupos pacifistas afirmam que estão tentando mostrar o impacto negativo da ocupação israelense aos moradores palestinos da cidade.

Para os colonos, Hebron e seus locais históricos pertencem aos judeus, e muitos juraram não abandonar a região.

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG