Washington, 7 abril (EFE).- Agentes federais dos Estados Unidos detiveram nesta quarta-feira um diplomata catariano que teria tentado detonar um explosivo durante um voo da linha aérea United Airlines com 157 passageiros e seis tripulantes a bordo, segundo a rede de televisão NBC.

A detenção de Mohammed al Modadi, um diplomata ligado à embaixada do Catar em Washington, aconteceu depois que o aparelho decolou do aeroporto internacional Dulles, no estado da Virgínia, vizinho à capital americana. EFE ojl/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.