Um diplomata dinamarquês está desaparecido desde o atentado suicida contra o hotel Marriott de Islamabad, que no sábado matou ao menos 53 pessoas e feriu outras 266, informou neste domingo a chancelaria em Copenhague.

"Agora concentramos nossos esforços para encontrar o dinamarquês desaparecido", disse à AFP Klavs Holm, encarregado de Relações Diplomáticas da Chancelaria.

Holm revelou que equipes da embaixada da Dinamarca no Paquistão procuram o diplomata nos hospitais de Islamabad.

O diplomata, cujo nome não foi revelado, estava no hotel Marriott no momento do ataque.

"Outros dinamarqueses estavam no hotel e ficaram levemente feridos", disse Holm, precisando que eram funcionários da embaixada em Islamabad.

Segundo a TV paquistanesa, citada pela agência dinamarquesa Ritzau, um diplomata da Dinamarca morreu no ataque.

pau/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.