Paris, 22 set (EFE).- A diplomata búlgara Irina Bokova foi indicada hoje para a direção geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco, na sigla em inglês) pelo Conselho Executivo da entidade, informaram à Agência Efe fontes do organismo.

Primeira mulher e primeira cidadã de um país do Leste Europeu com chances de assumir o comando da Unesco, Bokova recebeu 31 votos contra 27 do ministro da Cultura egípcio, Farouk Hosni, segundo anunciou o presidente do Conselho Executivo da Unesco, o beninense Olabiyi Babalola Joseph Yaï.

Pelo segundo dia consecutivo, a búlgara aspirava ao posto junto com Hosni, claro favorito até maio, com quem empatou na votação realizada ontem.

O nome de Bokova será submetido em outubro à aprovação dos 193 Estados-membros da organização. EFE lg/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.