Diplomacia russa discute lançamento norte-coreano com diversos países

Moscou, 5 abr (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores russo, Serguei Lavrov, conversou hoje por telefone com seus colegas de Estados Unidos, China, Japão e Coreia do Sul após o lançamento de um foguete de longo alcance norte-coreano.

EFE |

Em conversa com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, "as partes defenderam esforços conjuntos a fim de impedir a desestabilização no nordeste da Ásia e por preservar o processo de negociações de seis lados sobre o problema nuclear norte-coreano", informou a Chancelaria russa em comunicado especial.

Além de EUA e Rússia, participam das negociações as duas Coreias, Japão e China.

Durante a conversa, Lavrov e Hillary concordaram em "manter estreito contato e continuar as consultas sobre este complicado problema".

Também Hoje, Lavrov falou sobre a situação criada após o lançamento do foguete norte-coreano com seu colega chinês, Yang Jiechi.

"Tendo em consideração a preocupação expressada por vários países por ocasião das ações de Pyongyang e o estudo do tema no Conselho de Segurança da ONU, os ministros convocaram todas as partes interessadas a mostrar moderação", informou a Chancelaria russa.

As partes constataram que os enfoques de Rússia e China "estão orientados a manter a estabilidade no nordeste da Ásia e a continuar o processo de negociações de seis lados".

Além disso, Lavrov e o ministro de Assuntos Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, "trocaram opiniões sobre a tensa situação criada e as perspectivas de sua análise no Conselho de Segurança da ONU".

Lavrov garantiu que a Rússia fará uma avaliação do ocorrido "com base na informação objetiva sobre os parâmetros do lançamento".

Em sua conversa com o ministro de Assuntos Exteriores da Coreia do Sul, Yu Myung Hwan, Lavrov pediu a adoção de uma "posição equilibrada e prudente na avaliação das ações" da Coreia do Norte no Conselho de Segurança da ONU. EFE mb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG