Copenhague, 2 set (EFE).- A Polícia dinamarquesa enviou hoje novamente ao Iraque 22 cidadãos do país árabe que tiveram sua solicitação de asilo rejeitada.

Os iraquianos, 21 homens e uma mulher, estavam presos na Dinamarca.

As autoridades dinamarquesas e iraquianas assinaram em maio um acordo no qual os cidadãos iraquianos que tiverem seu pedido de asilo rejeitado na Dinamarca e não quiserem retornar de forma voluntária possam ser enviados ao Iraque à força.

Em virtude desse acordo, as autoridades dinamarquesas realizaram desde 25 de junho várias repatriações de iraquianos.

A Dinamarca fez parte da aliança liderada pelos Estados Unidos durante a ocupação do Iraque, e manteve no país árabe um contingente de aproximadamente 500 soldados até agosto de 2007. EFE alc/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.