Diminuem esperanças de achar sobreviventes em escombros de colégio no Haiti

Porto Príncipe, 9 nov (EFE) - As esperanças de encontrar sobreviventes nos escombros do colégio haitiano, que desabou na sexta-feira com centenas de pessoas em seu interior, diminuem à medida que passam as horas, enquanto as autoridades asseguraram que continuarão com a busca.

EFE |

O ministro de Juventude e Esporte, Evans Lecouflair, disse à imprensa que os membros da equipe de resgate introduziram câmeras digitais nos escombros na busca de sobreviventes, mas que não houve resultados.

No entanto, os organismos de socorro do Haiti continuaram hoje a busca de mais vítimas em coordenação com especialistas franceses que chegaram ao país desde a Martinica, assim como dos Estados Unidos e do Canadá.

O desabamento do colégio La Promesse College Evangelique, em Pétionville, no leste da periferia de Porto Príncipe, deixou pelo menos 90 mortos e 164 feridos, 40 deles em estado grave, segundo dados oficiais.

Segundo denúncias, o colégio teria sido erguido em um terreno sem segurança ou proteção, e a construção não tinha qualquer tipo de solidez.

A imprensa local afirmou que nos próximos dias o ministério da Educação haitiano poderia tomar medidas contra as escolas que não respeitaram as normas de construção.

As autoridades devem fixar amanhã na Prefeitura de Pétionville os nomes dos estudantes mortos.

Informações não confirmadas indicaram que as equipes de socorro planejam retirar todos os resíduos que ficaram do edifício para facilitar os trabalhos de busca. EFE rc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG