Dilma sobe nas pesquisas e se aproxima de Serra

São Paulo, 27 fev (EFE).- A ministra da Casa Civil Dilma Rousseff, pré-candidata à Presidência da República pelo PT, baixou para apenas quatro pontos sua diferença para José Serra (PSDB), favorito das eleições presidenciais de outubro, segundo uma pesquisa divulgada hoje.

EFE |

A enquete, realizada pela empresa Datafolha, atribui ao atual governador de São Paulo 32% das intenções de voto, contra 28% de Dilma, ministra da Presidência e já proclamada porta-bandeira do PT de Lula.

Em relação a uma consulta anterior da Datafolha, divulgada em dezembro do ano passado, Serra perdeu cinco pontos percentuais, os mesmos que ganhou Rousseff, que passou de 23% para 28%.

A pesquisa publicada hoje situa em terceiro lugar das preferências o deputado Ciro Gomes, do PSB, com 12% dos apoios, e em quarto a senadora Marina Silva, pré-candidata do PV, com 8%.

Em caso de um segundo turno, que seria necessário se nenhum dos candidatos superar 50% dos votos válidos, o social-democrata Serra venceria com 45%, contra 41% da candidata do Governo.

Nesse cenário Serra também perdeu posições, pois a pesquisa realizada pelo Datafolha em dezembro lhe atribuía 49%, enquanto Dilma tinha 34%.

Segundo a Datafolha, a pesquisa tem uma margem de erro de dois pontos percentuais e foi realizada nos dias 24 e 25 de fevereiro, período no qual foram entrevistados 2.623 eleitores de todas as regiões do país. EFE ed/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG