Lula acha que a careca dele é mais bonita, diz Dilma a Chávez

Calvícies do presidente venezuelano e do ex-líder brasileiro foram motivo de riso em Caracas, onde ocorre cúpula da Celac

iG São Paulo |

AP
Dilma faz sua primeira visita oficial à Venezuela
As calvícies do presidente venezuelano, Hugo Chávez, e do ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva , provocadas pelo tratamento quimioterápico de combate ao câncer, foram motivo de risos durante o encontro entre Chávez e a presidenta Dilma Rousseff , que está em Caracas para a cúpula constitutiva da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Logo ao chegar ao Palácio de Miraflores, Dilma cumprimentou o venezuelano com um carinho em sua cabeça, ao notar que a calvície provocada pela quimioterapia está cedendo lugar aos primeiros fios de cabelo. Chávez foi diagnosticado com câncer no final de junho .

“Lula pediu que lhe desse seu abraço solidário e disse que a careca dele é mais bonita que a do presidente Chávez”, disse Dilma, arrancando risos de Chávez, que retrucou. "Nossas duas cabeças são tão feias uma como a outra (…) somos dois feios deste mundo”, brincou Chávez.

Leia também:

- Marisa Letícia raspa cabelo e barba de Lula
- Lula tem tumor na laringe
Chávez aparece careca após quimioterapia contra câncer
- Chávez retorna a Caracas e anuncia conclusão da quimioterapia

Dilma, que também fez quimioterapia para combater um câncer linfático em 2009 , se disse contente por constatar que Chávez "está exercendo com muita energia suas atividades". Ela afirmou que "o companheiro Lula" lhe pediu que cumprimentasse Chávez "pelo papel que está tendo" na América Latina. Chávez, por sua vez, enviou uma "saudação de coração a Lula".

'Cúpula do câncer'

"Lula me disse: 'Bom Chávez, em breve faremos uma cúpula, essa cúpula está convocada e será dirigida por Dilma'", relatou o venezuelano, referindo-se a um encontro dos que venceram o câncer, que o ex-presidente brasileiro teria proposto.

O governante venezuelano se reuniu na tarde desta quinta-feira com Dilma, após uma reunião bilateral com a presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner. Os encontros foram realizados durante a Celac, que ocorre nesta sexta-feira e sábado na Venezuela.

- Dilma e Chávez decidem aumentar 'nível estratégico' de relações
- Conclusão de refinaria conjunta em PE é 'desafio', dizem Dilma e Chávez

Chávez prometeu ir "em breve", ao Brasil visitar Lula, provavelmente ainda neste mês, depois da posse da presidente argentina , Cristina Kirchner, para seu segundo mandato. "Ele veio me visitar, então agora eu tenho planos de ir vê-lo", disse Chávez, minutos antes da chegada de Dilma ao Palácio de Miraflores.

"Eu e Lula somos irmãos. Somos mais que irmãos. Somos, como já disse Fidel Castro, esses tipos que andam por aí fazendo coisas, como Dilma, Cristina, Néstor (Kirchner, ex-presidente argentino)", afirmou Chávez.

*Com EFE e BBC

    Leia tudo sobre: venezuelabrasilchávezdilma rousseffcelaclulacâncer de lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG