Dick Cheney afirma que os EUA estão mais vulneráveis com Obama

Dick Cheney, o ex-vice-presidente americano, acusou novamente neste domingo o presidente Barack Obama de ter tornado os EUA mais vulneráveis, em sua primeira entrevista à televisão desde que saiu do poder.

AFP |

Em entrevista ao canal CNN, ele criticou ainda as decisões de Obama de fechar a prisão na base americana de Guantánamo (Cuba), de acabar com os interrogatórios violentos e fechar as prisões secretas da CIA no exterior.

"Penso que estes programas eram absolutamente cruciais para nossos êxitos na obtenção de dados de inteligência que nos permitiram desativar todas as tentativas de atacar os EUA desde o 11 de Setembro", disse Cheney, referindo-se aos atentados de Nova York e Washington assumidos pela rede Al-Qaeda.

"O presidente Obama fez campanha contra estas medidas em todo o país e agora está fazendo algumas escolhas que, a meu ver, aumentarão os riscos de um novo ataque contra o povo americano", disse Cheney.

jit/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG