Caracas, 20 fev (EFE).- A emenda para a reeleição ilimitada na Venezuela, a primeira da Constituição Bolivariana de 1999, foi publicada hoje na edição extraordinária de número 5.

908 do Diário Oficial, um dia depois de ser promulgada pelo presidente Hugo Chávez.

A emenda, que modificou os cinco artigos que se referem aos mandatos do presidente, governadores, prefeitos, deputados e vereadores, eliminou a limitação de uma só reeleição consecutiva para esses cargos.

A proposta foi aprovada em um referendo no dia 15 de fevereiro com 54,86% dos votos, e promovida pelo líder venezuelano, que pretende se manter no poder "pelo menos até 2019, caso este seja o desejo do povo".

Chávez, que se diz líder e promotor do "socialismo do século XXI", pretende concorrer à Presidência nas eleições para o período entre 2013 e 2019. EFE gf/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.