Diálogo para reconciliação palestina começará nesta quarta-feira

CAIRO - As autoridades egípcias convocaram, neste sábado, as diferentes facções palestinas a iniciar, no dia 25 de fevereiro, quarta-feira, no Cairo, o diálogo de reconciliação palestina, previsto inicialmente para este domingo, segundo a emissora de televisão Al Jazira.

Redação com EFE |

O canal informou ainda que o principal ideólogo do grupo islâmico palestino Hamas na Faixa de Gaza, Mahmoud Zahar, se reuniu neste sábado na capital egípcia com o chefe mediador egípcio, Omar Suleiman, principal responsável dos serviços secretos do Egito.

Em comunicado divulgado, em Damasco, o Hamas enfatizou a necessidade de que o grupo palestino Fatah, seu principal rival político, liberte os presos do movimento islâmico detidos na Cisjordânia.

"A libertação dos detidos palestinos na Cisjordânia é considerada um passo necessário para salvar o diálogo (de reconciliação palestina) e para que esse tenha êxito", assegurou o Hamas na nota, citada pela agência de notícias síria "Sana".

Segundo o grupo islâmico, o "diálogo sério e verdadeiro" é o único caminho para o sucesso da reconciliação.

Na quarta-feira, um responsável egípcio anunciou o adiamento "por um curto tempo" do diálogo interpalestino, inicialmente previsto para o dia 22, para permitir mais consultas entre as partes.

Leia mais sobre palestina

    Leia tudo sobre: palestina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG