Dia de Reis: Bento XVI pede que a esperança não seja abandonada diante da crise

O Papa Bento XVI fez um apelo nesta terça-feira aos critãos de todo o mundo, para que não abandonem a esperança diante da grande crise social e econômica que atormenta a humanidade, durante a homilia na basílica de São Pedro por ocasião da festa do Dia de Reis, comemorado no dia 6 de janeiro.

AFP |

"Os homens não devem abandonar a esperança diante da grande crise social e econômica que atormenta a humanidade, diante do ódio e da violência destrutiva que não param de ensangüentar tantas regiões da Terra", declarou Bento XVI.

O pontíficie também pediu que a humanidade mantenha seus esforços para "liberar a vida humana e o mundo dos envenenamentos e poluições que podem destruir seu presente e seu futuro".

"Embora aparentemente não tenhamos êxito e pareçamos impotetes frente aos ventos hostis, nossa grande esperança se apóia sobre as promessas de Deus, que nos dão, nos bons como nos maus momentos, a orientação a seguir e a coragem para agir", afirmou Bento XVI.

jflm/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG