DAR ES SALAAM (Reuters) - Dezenove crianças tanzanianas, de idades entre 5 e 12 anos, morreram sufocadas em uma discoteca lotada durante uma festa para comemorar o feriado muçulmano de Eid al-Fitr, disseram autoridades locais nesta quinta-feira. As crianças morreram durante as festividades diurnas na quarta-feira, em um prédio na cidade de Tabora, a cerca de 760 quilômetros da capital comercial Dar es Salaam.

"Há 19 mortos, 11 meninas e oito meninos, com idades entre 5 e 12 anos. Elas estavam em uma discoteca infantil, comemorando o Eid", disse à Reuters Salva Rewyemamu, diretor de comunicação do gabinete presidencial da Tanzânia.

Rweyemamu, citando a polícia e as autoridades de Tabora, acrescentou que 17 outras crianças estão feridas no hospital. Um dos organizadores do evento foi preso, disse.

Daudi Siasi, comandante policial regional de Tabora, disse que as autoridades estão tentando determinar o número de crianças que estavam na discoteca, que tinha dois ambientes em dois andares.

Ele acrescentou que o sufocamento foi causado por ventilação inadequada.

"Nossa sondagem inicial mostra que duas salas estavam lotadas. As janelas eram insuficientes para fornecer ar fresco", disse Siasi à Reuters, por telefone, de Tabora.

(Por George Obulutsa)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.