Dezenas de milhares de manifestantes protestam contra o governo italiano

Dezenas de milhares de pessoas, convocadas pela principal central sindical italiana, a CGIL (esquerda), se manifestaram neste sábado pelas ruas de várias cidades do país para protestar contra a política social e econômica do governo de Silvio Berlusconi.

AFP |

Segundo os dados do sindicato, só na região de Emilia-Romana (centro) 50.000 pessoas participaram da manifestação, mais 30.000 em Nápoles, 20.000 em Palermo (Sicília), 10.000 em Gênova (norte) e 15.000 em Roma. O sindicato mobilizou seus simpatizantes em 150 cidades, e as 16 cidades mais importantes do país foram palco de manifestações.

A central sindical pede ao governo de direita italiano que abandone sua política de austeridade e de cortes nos serviços sociais, a educação e a saúde.

O CGIL ameaça fazer greve geral no ensino se o governo não retirar seu plano de redução de professores e de diminuição de horas letivas.

ljm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG