Dezenas de ativistas continuam com protestos contra G8 no Japão

Toyako (Japão), 7 jul (EFE).- Cerca de 150 pessoas protestaram hoje, em Date (Hokkaido, Japão) contra o Grupo dos Oito (G8, sete países mais ricos do mundo e a Rússia), em uma zona montada para o acampamento dos ativistas reunidos por ocasião da cúpula da organização, segundo disse à agência Efe uma testemunha da manifestação.

EFE |

Os manifestantes protestaram de maneira pacífica em um dos acampamentos habilitados pelas autoridades japonesas, próximo de Toyako, e segundo a testemunha, não se registrou nenhum tipo de enfrentamento violento.

Os manifestantes protestaram contra o G8, as grandes desigualdades econômicas no mundo e o desenvolvimento da energia nuclear.

Alguns manifestantes exigiram respeito pelas culturas indígenas, como os Ainu do Japão, que recentemente foram reconhecidos pelo Parlamento nacional como "povo indígena".

Japão desdobrou um total de 20 mil agentes policiais em Hokkaido para evitar os protestos violentos e possíveis ataques terroristas.

Espera-se que os ativistas se manifestem todos os dias até a quarta-feira, apesar de os protestos estarem se reduzindo desde sábado, quando cerca de 5 mil manifestantes tomaram as ruas de Sapporo (capital de Hokkaido). EFE fab/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG