Dez pessoas morrem em queda de helicóptero militar no sul da Tailândia

Bangcoc, 20 jun (EFE).- Dez pessoas morreram hoje na queda de um helicóptero militar no sul da Tailândia, região onde mais de 3 mil mortes já foram registradas desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada após uma pausa de dez anos, em 2004.

EFE |

Fontes militares tailandesas indicaram que os mortos são oito militares, um policial e um civil, e assinalaram que o aparelho se acidentou e depois explodiu na província de Yala.

Os ataques com armas leves, assassinatos e atentados com bomba se sucedem diariamente nas províncias de Narathiwat, Pattani e Yala, que são de maioria muçulmana, apesar do desdobramento de 31 mil agentes das forças de segurança na região.

O Governo reconheceu pela primeira vez no início de ano a existência de vínculos entre a rede terrorista Al Qaeda e os insurgentes do sul, e admitiu que a situação piorou desde que estes passaram a receber armas e dinheiro procedentes do narcotráfico. EFE Fmg/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG