Dez palestinos feridos em Gaza são transferidos a hospitais na Turquia

Ancara, 13 jan (EFE).- Dez palestinos feridos gravemente no conflito na Faixa de Gaza foram levados à Turquia através do Egito, anunciou hoje o Governo turco.

EFE |

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, disse, em discurso perante o grupo parlamentar do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), que mais feridos palestinos serão levados a clínicas turcas nos próximos dias.

A maioria das vítimas, acompanhadas por um parente cada, transferidas hoje tem graves queimaduras causadas pelos bombardeios israelenses.

O chefe de Governo turco disse que a aeronave usada para a transferência foi transformada em um avião ambulância, que levará feridos à Turquia e depois voltará à zona de conflito com ajuda humanitária.

Erdogan disse hoje que seu Governo continuará seus esforços de paz e lembrou que seu emissário especial, Ahmet Davutoglu, se encontra na Síria para conseguir um cessar-fogo.

Davutoglu, que deve estar em contato com o grupo islâmico palestino Hamas na Síria, enviou uma mensagem a Ancara dizendo que está "otimista" sobre um cessar-fogo em breve, afirmou hoje o jornal pró-governamental "Yeni Safak".

A Turquia lançou várias iniciativas para colocar fim à ofensiva israelense em Gaza, e inclusive está disposta a enviar soldados para uma possível futura força internacional de interposição que separe os dois lados.

Segundo informa hoje a imprensa turca, a ministra de Exteriores de Israel, Tzipi Livni, tinha previsto viajar a Ancara esta semana.

No entanto, o ministro de Exteriores turco, Ali Babacan, lhe teria lembrado a atual animosidade contra Israel na Turquia, por isso só deveria ir à capital turca se quisesse falar sobre as condições de um cessar-fogo. EFE dt-jk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG