Dez presos morreram e três ficaram feridos num incêndio neste domingo na penitenciária Colina II, 50 km ao norte de Santiago do Chile, e que começou durante uma briga entre os detentos.

"Não chegou a ser motim (...) mas uma disputa entre internos que terminou com dez mortos, pelo que abriremos investigações", explicou o diretor do presídio, Alejandro Jiménez.

O fogo teria começado na cozinha do terceiro andar do prédio.

lto/dk/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.