Dez brasileiros são presos por tiroteio com gendarmes na Guiana Francesa

Dez brasileiros clandestinos, envolvidos em um tiroteio, no qual uma pessoa morreu, foram presos na Guiana Francesa, informou nesta quarta-feira uma fonte judicial do território francês, na costa norte da América do Sul.

AFP |

O episódio aconteceu na noite de terça-feira, indicou a fonte, próxima à investigação.

Três dos homens detidos foram acusados de "tentativa de homicídio", e todos foram acusados de "cumplicidade no garimpo ilegal de ouro, formação de quadrilha e estadia irregular", segundo a mesma fonte.

No domingo, quatro gendarmes de Caiena em missão de vigilância tentaram interceptar duas embarcações suspeitas no delta do rio Apruague.

"As embarcações iam descer o rio. As pessoas a bordo haviam escondido material destinado às instalações clandestinas de garimpos de ouro, porque temiam uma intervenção dos gendarmes rio acima. Eles iam dar meia volta, quando foram interceptados", explicou a fonte.

Vários brasileiros que estavam em uma das embarcações abriram fogo contra os gendarmes, que responderam disparando cerca de dez vezes, Os tiros atingiram um dos homens nos barcos, que ficou "fatalmente ferido na cabeça", confirmou a gendarmeria.

Entre os dez brasileiros acusados, "alguns não reconhecem absolutamente nenhum fato. Mas as declarações de alguns outros e dos gendarmes são claras", disse nesta quarta-feira à emissora francesa RFO o promotor da República, François Schneider.

ff/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG