Dez alpinistas morrem em avalanche na Turquia

ISTAMBUL (Reuters) - Dez alpinistas morreram depois de terem sido surpreendidos por uma avalanche no nordeste da Turquia, disse o governo local, mas sete sobreviveram. As equipes de resgate trabalharam ao longo da tarde para retirar sobreviventes e corpos do meio da neve. O grupo de dezessete pessoas escalava uma montanha após saírem da vila de Zigana, na província de Gumushane, perto da costa do Mar Negro.

Reuters |

"Infelizmente, perdemos dez amigos. Dois de nossos amigos estão no hospital e cinco escaparam sem serem pegos pela avalanche", disse o ministro, Faruk Nafiz Ozak, depois de chegar ao local.

"Essa é uma grande perda, um incidente enorme. Meus pêsames à nossa nação", disse o ministro em comentários transmitidos pela TV turca.

Um dos sobreviventes, Rahmi Keles, 60, disse ter visto a avalanche se aproximando mas, sem possibilidade de escapar, acabou sendo soterrado por ela. Ele conseguiu retirar a neve de cima de sua cabeça e gritou, pedindo ajuda a uma companheira.

"Não conseguiria sair dali sozinho. Ela retirou a neve e tirou primeiro a minha perna esquerda, depois a direita. Sem Yonca, eu não teria sobrevivido. Graças a Deus ela apareceu, como um anjo", disse ele na cama do hospital.

Especula-se sobre qual tenha sido a causa da avalanche. Testemunhas disseram à TV turca que ouviram tiros antes do incidente. No entanto, um governador local afirmou que elas podem ter confundido o som do começo da avalanche com tiros.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG