Roma, 18 jun (EFE).- A Polícia italiana deteve hoje em Palermo, na ilha da Sicília, oito tâmeis acusados de associação terrorista, informaram fontes da Polícia antiterrorista.

Os detidos tinham se dedicado nos últimos anos a arrecadar dinheiro para financiar o grupo terrorista Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE, na sigla em inglês).

Os LTTE é um grupo paramilitar responsável de atentados e ações de guerrilha no Sri Lanka. EFE jl/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.