Segundo a polícia, 698 já foram processados. Juizados seguem interrogando suspeitos por mortes que provocaram onda de violência

As detenções causadas pelos distúrbios ocorridos em Londres entre o sábado passado e a terça-feira seguinte subiram para 1.210 pessoas, dos quais 698 já foram processados, principalmente por delitos de roubo, segundo dados da Scotland Yard (Polícia Metropolitana de Londres).

 O último levantamento oficial, de sexta-feira, falava em 1.103 detidos. Isso significa que nas últimas 24 horas foram detidas mais cem pessoas na capital britânica. Com este acréscimo são quase 1,7 mil os detidos em todo o Reino Unido pela onda de violência que durante quatro dias castigou Londres e outras cidades. Os juizados continuam colhendo os depoimentos dos detidos, entre eles os dos suspeitos de duas das cinco mortes que provocaram estes distúrbios.

A Polícia aumentou o prazo para que possa interrogar os três suspeitos detidos pelas mortes de três muçulmanos atropelados em Birmingham (centro da Inglaterra). Os três protegiam as lojas da região.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.