Detidos cinco terroristas acusados de múltiplos atentados nas Filipinas

Manila, 10 set (EFE).- O terrorista Ting Usman e quatro de seus homens foram detidos acusados de múltiplos assassinatos e atentados na cidade filipina de Kidapawan, cerca de 990 quilômetros do sudeste de Manila, na província de Cotabato do Norte, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

O grupo foi detido ontem no interior do refúgio que tinham organizado em um imóvel de Tantagan, uma população da vizinha província de Cotabato do Sul.

Kidapawan foi cenário de vários atentados bomba nos últimos anos: dois quase simultâneos em agosto de 2006; outro em outubro de 2007, que causou um morto e trinta feridos, e outro mais 22 de março passado, que ocasionou em nove feridos.

Na semana passada, a Polícia filipina anunciou a captura de Haijer Sailami, membro do grupo terrorista Abu Sayyaf e implicado no sequestro um americano em 2000 e três mais ao ano seguinte, dos que dois morreram, entre outros delitos.

As principais organizações terroristas que operam no sul das Filipinas são Abu Sayyaf e a Jemaah Islamiya, esta última está considerada pelos especialistas como braço da Al Qaeda no Sudeste Asiático . EFE zm/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG