Detidos 278 imigrantes ilegais em acampamento em Calais

Paris, 22 set (EFE).- A Polícia francesa deteve hoje a 278 imigrantes ilegais, 132 deles menores, em um acampamento de estrangeiros nos arredores do porto de Calais (noroeste do país).

EFE |

A intervenção das forças da ordem no lugar, conhecido como "a selva de Calais", aconteceu no começo da manhã e se prolongou durante cerca de duas horas, segundo as autoridades locais.

O governador regional (delegado do Governo) do departamento de Pas-de-Calais, Pierre de Bousquet de Florian, explicou à imprensa que os detidos menores de idade foram transferidos a "centros especializados".

Uma vez desalojado o acampamento, acrescentou, se procederá ao desmantelamento das instalações e à limpeza do lugar no qual chegaram a viver uns 800 imigrantes, a maioria deles com intenções de atravessar clandestinamente ao Reino Unido.

Muitos deles se deixaram o acampamento nos últimos dias, depois que o ministro francês de Imigração, Eric Besson, anunciasse que o despejo era iminente.

O ministro confirmou hoje o início da operação policial em entrevista à emissora de rádio "RTL", na qual disse que o governador regional se encarregava de supervisionar a operação e avançou que se ia a deslocar hoje mesmo a "a selva".

Este lugar "é o campo de base dos traficantes (de imigrantes)", indicou Besson, que insistiu em que "não é um acampamento humanitário" e antecipou que nos próximos dias "haverá outros desmantelamentos". EFE pi/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG