Detido suposto líder de grupo narcotraficante mexicano

México, 25 ago (EFE).- A Polícia do México deteve hoje Pedro Banda Gaxiola, suposto dirigente de um grupo de narcotraficantes procurado por um tribunal do sul da Califórnia e que será posteriormente extraditado aos Estados Unidos, informou hoje a Secretaria de Segurança Pública.

EFE |

A secretaria afirmou que Gaxiola, de 42 anos, é acusado de liderar um grupo que se dedicava ao tráfico de drogas sintéticas, cocaína e heroína para os EUA.

O suposto narcotraficante, original de los Mochis, no estado de Sinaloa, noroeste do México, foi detido em uma operação na cidade de Mexicali, capital do estado de Baja California, na fronteira com os EUA.

O Ministério acrescentou que prendeu três cúmplices próximo à residência de Gaxiola, que foram identificados como Carlos Coronado Hernández, de 26 anos; Manuel Arturo Castro, de 35 anos, e Federico Noriega, de 39.

Os três são investigados por sua suposta responsabilidade nos crimes de tráfico de drogas sintéticas conhecidas como "cristal" ou "ice" no Havaí e na Califórnia.

Além disso, a SSP indicou que confiscou 4 quilos de "cristal", uma balança elétrica, um equipamento de comunicação e uma caminhonete, durante a operação.

Acrescentou ainda que Gaxiola foi transferido para a capital mexicana para ser entregue às autoridades judiciais. EFE jrm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG