Detido neonazista que preparava vários atentados com bomba em Moscou

Moscou, 25 ago (EFE).- A Polícia russa anunciou hoje a detenção de um militante neonazista, menor de idade, que preparava vários atentados com bombas caseiras de grande potência em um parque de Moscou.

EFE |

"Foi detido um habitante de Moscou, menor de idade e participante ativo de um grupo neonazista, que planejava realizar uma série de explosões em território da capital", informou o departamento de luta contra o extremismo do Ministério do Interior da Rússia.

Os agentes capturaram o extremista quando ele já se dirigia ao movimentado parque no sul de Moscou, para instalar vários "artefatos explosivos de fabricação caseira de grande potência", disse um porta-voz do departamento à agência "Interfax".

A Polícia apreendeu cerca de dois quilos de explosivos e vários detonadores.

Fora da casa do detido, foram encontrados materiais com informação sobre outros crimes cometidos, como o incêndio premeditado de uma igreja em um museu de Moscou, assim como "literatura e panfletos de conteúdo extremista".

Além disso, a Polícia já obteve provas do envolvimento do jovem neonazista em outros vários atentados cometidos em shoppings de Moscou com bombas caseiras, de uma potência equivalente a meio quilo de TNT cada.

Segundo a fonte, "o detido confessou que buscava espalhar o pânico entre os habitantes e desestabilizar a situação na cidade" com estes atentados, nos quais várias pessoas ficaram feridas. EFE si/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG