Manila, 16 dez (EFE).- Um suposto cofundador da organização extremista muçulmana Abu Sayyaf foi detido hoje no aeroporto internacional da capital das Filipinas, informaram as forças de segurança.

Abdul Basir Latip foi detido no terminal, aonde chegou em um voo procedente de Jacarta, segundo o chefe da unidade antiterrorista do Departamento de Investigação Nacional filipino, Ricardo Diaz.

A detenção aconteceu a pedido da Embaixada dos Estados Unidos, país que relaciona o detido com o sequestro de um cidadão americano em 1993, e que oferecia uma recompensa de US$ 1,5 milhão pela captura.

Latip, também procurado pela Interpol, é acusado por um tribunal de Washington de ter ordenado o sequestro do missionário protestante Charles Walton, libertado após o pagamento de um resgate.

Quando foi algemado esta manhã, o suspeito negou ser membro do Abu Sayyaf, mas reconheceu ter sido amigo de Abdurajak Abubakar Janjalani, que no início dos anos 90 recrutou ex-combatentes da guerra do Afeganistão para fundar o grupo radical islâmico. EFE csm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.