Detido ex-vice-presidente da RDC a pedido do Tribunal Penal Internacional

O ex-vice-presidente da República Democrática do Congo (RDC), Jean-Pierre Bemba, foi detido na noite deste sábado nos arredores de Bruxelas a pedido do Tribunal Penal Internacional (TPI), disse à AFP uma fonte da promotoria.

AFP |

A ordem de detenção contra Bemba baseia-se em duas acusações por crimes contra a humanidade e quatro por crimes de guerra, cometidos na República Centro-Africana.

"Jean-Pierre Bemba foi detido às 22H00 (locais) na periferia de Bruxelas. Será apresentado nos próximos dias a um juiz belga para, nas próximas semanas, ser entregue ao Tribunal Penal Internacional", declarou à AFP a assessora da promotora do TPI Béatrice Le Fraper.

"Bemba é presidente do Movimento de Libertação do Congo (MLC), um grupo político-militar que interveio no conflito na República Centro-Africana em 2002-2003, aplicando uma estratégia de terror e de violência contra a população civil, marcada em particular por uma campanha de violações e de saques", disse o promotor do TPI Luis Moreno Ocampo em comunicado.

"As vítimas virão contar suas histórias ao tribunal", acrescentou.

Bemba dirigiu a rebelião durante a última guerra na República Democrática do Congo (1998-2003) contra o regime de Laurent Désiré Kabila, que tomou o poder em 1997.

Bemba havia se refugiado em Portugal depois da derrota nas eleições presidenciais de outubro de 2006 para Joseph Kabila.

gdh/al-sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG