Detento britânico fica bebâdo com álcool gel para prevenção de gripe suína

Um detento de uma prisão de Dorset, na Grã-Bretanha, teria ficado embriagado depois de beber o álcool gel disponibilizado nos corredores da prisão para evitar o contágio pela gripe suína. O gel foi colocado à disposição dos detentos na prisão The Verne, em Portland, na segunda-feira e, segundo a Associação Britânica de Carcereiros (POA, na sigla em inglês) o incidente com o detento intoxicado ocorreu horas depois.

BBC Brasil |

  • Tire suas dúvidas sobre a "gripe suína"
  • Veja o especial sobre "gripe suína" do Último Segundo
  • "Fomos informados de um incidente horas depois da disponibilização do gel. Em uma das alas acredita-se que um detento estava usando (o gel) de forma imprópria", afirmou Andy Fear, da Associação de Carcereiros da prisão de The Verne.

    "Quando você tem algo chamado álcool gel, pode ver que algo vai acontecer. Temíamos isto quando ficamos sabendo que seria oferecido aos detentos. Você não quer prisioneiros bêbados correndo pela prisão", acrescentou.

    Prevenção
    O Departamento de Prisões da Grã-Bretanha afirmou que os frascos com o álcool gel foram retirados como "uma medida preventiva" e já iniciou uma investigação.

    "No dia 21 de setembro um prisioneiro na prisão The Verne mostrou sinais de intoxicação, cuja causa está sendo investigada", informou um porta-voz do departamento.

    "Os frascos com gel bactericida foram removidos da prisão como medida preventiva", acrescentou.

    Acredita-se que o gel tenha sido misturado com algum tipo de bebida antes de ser consumido.

    Em março, o hospital britânico Royal Bournemouth afirmou que foi um dos muitos hospitais que retirou de sua recepção frascos com gel à base de álcool para a limpeza das mãos, para evitar que os visitantes bebessem o produto.

    Leia mais sobre: gripe suína

      Leia tudo sobre: bêbadogripe suínapresos

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG