Detenções não acabarão com protestos no Irã, diz opositor

TEERÃ (Reuters) - O líder da oposição do Irã, Mirhossein Mousavi, disse nesta segunda-feira que as detenções dos iranianos pró-reformas não irão acabar com a disputa sobre a contestada eleição presidencial de 12 de junho, informou um site reformista. Não é um insulto para 40 milhões de eleitores... relacionar os detidos a países estrangeiros?... Nossos queridos que estão na prisão não têm acesso a advogados e estão sob pressão para fazerem confissões... Com as detenções a questão (dos conflitos) não será resolvida... Deixe as pessoas expressarem livremente suas ideias e protestos, disse Mousavi, segundo o site Mosharekat.

Reuters |

(Reportagem de Zahra Hosseinian)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG