Detectado na Irlanda 1º contágio de gripe por contato direto dentro do país

Dublin, 5 jun (EFE).- O Governo da República da Irlanda confirmou hoje a existência de dois novos casos de gripe suína, um deles o primeiro por contágio direto no país, o que aumenta o número de infectados para nove pessoas.

EFE |

As autoridades de saúde disseram que os novos pacientes, duas mulheres, procedem do oeste e do leste da ilha.

Uma delas contraiu o vírus ao entrar em contato direto com um infectado o qual tinha sido detectado com gripe suína após retornar de uma viagem a Nova York.

Até o momento, todos os outros casos se deram em indivíduos que retornaram recentemente dessa cidade americana ou do México.

O Governo da Irlanda levantou no final desse mês a proibição de viagens não essenciais ao México, ao considerar que tinha baixado o risco de contágio.

No entanto, as autoridades distribuíram nas últimas semanas prospectos falando sobre a gripe suína em cerca de dois milhões de lares irlandeses.

Entre suas recomendações, o Governo pede aos cidadãos para "se desfazer" dos lenços de papel usados e lavar as mãos com assiduidade.

Além disso, o Governo mantém atualmente conversas com empresas farmacêuticas para a aquisição de vacinas contra a doença.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ja/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG