Washington, 19 jul (EFE).- O republicano Jeff Sessions, principal senador do partido no Comitê Judicial da Casa, que na semana passada realizou a audiência de confirmação de Sonia Sotomayor para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, afirmou hoje que votará contra a juíza indicada por Barack Obama.

Em entrevista ao canal "CNN", Sessions disse que mantém suas reservas sobre "uma série de coisas que a candidata falou e uma série de sentenças que emitiu como juíza".

Sotomayor, que caso confirmada pelo Senado será a primeira juíza hispânica da Suprema Corte na história americana, compareceu ao longo da semana passada perante o Comitê Judicial, que deve começar a debater a nomeação já na terça-feira.

No entanto, Sessions indicou que seu partido buscará que o voto do comitê seja no próximo dia 28, uma semana depois da vontade dos democratas, para contar com mais tempo para analisar as declarações da juíza.

Sessions não é o único republicano que expressou seu ceticismo sobre a candidata e o líder do partido no Senado, Mitch McConnell, disse na sexta-feira que também votaria contra a juíza.

No entanto, a confirmação de Sotomayor é garantida, já que os democratas têm maioria absoluta no Senado - 60 de 100 cadeiras - e que três legisladores republicanos já revelaram que votarão a favor da juíza. EFE mv/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.