Jerusalém, 28 ago (EFE).- Três palestinos de uma mesma família morreram hoje no desabamento de um túnel entre a Faixa de Gaza e o Sinai egípcio, informou a imprensa local, que não especificou o que fez a passagem subterrânea ruir.

Só neste ano, mais de cem pessoas morreram no desmoronamento de túneis que a população de Gaza abriu para contrabandear produtos de todo gênero e, assim, burlar o boicote israelense imposto à faixa territorial.

Os túneis servem de passagem tanto para artigos de primeira necessidade como de materiais que integrantes dos grupos armados palestinos usam na fabricação dos foguetes artesanais lançados contra Israel.

O bloqueio israelense à Gaza foi reforçado desde que, há dois anos, o movimento islâmico Hamas expulsou do território as forças de segurança da moderada Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Desde então, o Exército de Israel praticamente impede a entrada de qualquer tipo de produto na Faixa de Gaza, habitada por 1,5 milhão de pessoas e uma das regiões com a maior densidade populacional do planeta. EFE amg/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.