Deslizamentos de terra deixam pelo menos 22 mortos em Mianmar

Bangcoc - Pelo menos 22 pessoas morreram e outras oito foram dadas como desaparecidas no Vale dos Rubis, no norte de Mianmar (antiga Mianmar), por causa de deslizamentos de terra produzidos pelas intensas chuvas, informou hoje a imprensa birmanesa.

EFE |

Os deslizamentos aconteceram nas encostas do monte Yayni, próximo da localidade de Mogok e cerca de 670 quilômetros ao norte de Yangun, a maior cidade do país, depois de uma chuva torrencial.

A maior parte dos bairros de Mogok, no quais moram cerca de 150 mil pessoas, permanecem inundados e dezenas de casas foram destruídas ou danificadas, afirmam diferentes relatos de moradores à rádio "Mizzima".

Estes deslizamentos acontecem cinco semanas após a catástrofe causada pela passagem do ciclone "Nargis" pelo delta do rio Irrawaddy, ao sul de Mianmar, onde deixou cerca de 133 mil mortos e desaparecidos.

Leia mais sobre: Mianmar

    Leia tudo sobre: mianmar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG