Deslizamento deixa 400 pessoas presas em rodovia de Taiwan

Passagem do tufão Megi provoca fortes chuvas e pelo menos três mortes

iG São Paulo |

Helicópteros e soldados trabalham no resgate de mais de 400 pessoas presas na rodovia de Su'ao em Taiwan. Nesta sexta-feira, mais de vinte veículos ficaram presos em uma das principais estradas costeiras do país, após um deslizamento de terra seguido de chuvas fortes.

Mais da metade das pessoas na rodovia eram turistas chineses em grupos de excursão. Um ônibus de turismo foi soterrado e pelo menos três pessoas morreram. Oficiais dizem que mais de 200 pessoas já foram resgatadas, mas que a operação está sendo dificultada pela grande quantidade de lama.

Reuters
Equipes de resgate trabalham em estrada onde ocorreu deslizamento em Taiwan

Taiwan sofre com a passagem do tufão Megi, que provoca ventos de até 165 quilômetros por hora. Só na província de Yilan, onde aconteceu o acidente, mais de 2 mil pessoas já foram evacuadas nos últimos dois dias.

Em sua passagem pelas Filipinas, o tufão provocou 36 mortes. Agora, a tempestade segue para a província de Fujian, no sul da China. Portos e terminais petrolíferos em Hong Kong e no sul da China interromperam as operações nesta quinta-feira, forçando navios petroleiros a ancorar a pouca distância da costa para enfrentar um dos maiores tufões no litoral do sul da China nos últimos anos.

"Se formos atingidos diretamente, isso terá um grave impacto sobre Hong Kong", disse Lai Tung-kwok, uma autoridade do setor de segurança. Os ciclones, na Ásia chamados de tufão, normalmente assolam a região entre maio e setembro, quando as águas do mar estão mais quentes.

Com BBC e EFE

    Leia tudo sobre: chinatufãotaiwantufão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG