Deslizamento de terras na China soterra pelo menos 59 pessoas

Pequim, 5 jun (EFE).- Um deslizamento de terras em uma região mineira da província sudeste de Chongqing deixou pelo menos 59 pessoas presas nos escombros, informou hoje a agência oficial Xinhua.

EFE |

O fato aconteceu aproximadamente às 15h (4h de Brasília) em uma mina ferrosa situada no vale da montanha Jiwei, na localidade de Tiekuang.

Testemunhas citadas pela "Xinhua" afirmam que milhões de metros cúbicos de terra e rochas invadiram a área, cobrindo a unidade de mineração e outros seis prédios.

O chefe do Partido Comunista da China (PCCh) do distrito de Wulong, Liu Qi, informou que as estimativas iniciais apontam para 59 pessoas presas nos escombros (50 empregados da mina e nove moradores), mas não descartou que o número possa aumentar.

Os serviços de emergência iniciaram os trabalhos de resgate, mas as autoridades já advertiram de que a operação é perigosa, pois é preciso remover terrenos não assentados. EFE gmp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG