Lima, 2 mar (EFE).- Pelo menos oito trabalhadores morreram e 22 ficaram desaparecidos após um deslizamento de lodo registrado em uma jazida da região de Puno, ao sul do Peru, devido às fortes chuvas que caem no local.

O desmoronamento ocorreu em Winchumayo e em Corazón de Oro, no distrito de Ayapata, na província de Carabaya, em uma região de difícil acesso por terra, confirmou à Agência Efe o legislador governista Alfredo Cenzano, representante de Puno.

O parlamentar informou que coordenou com a ministra do Interior, Mercedes Cabanillas, o envio de um helicóptero da Polícia a partir da cidade vizinha de Cuzco com uma equipe de resgate e a remessa de remédios, alimentos e roupa aos desabrigados.

Os operários trabalham para a mineradora Ayapata na jazida de Winchumayo, que extrai ouro, e estavam realizando suas tarefas cotidianas quando foram atingidos pelo deslizamento de uma colina, informou ao site do jornal "El Comercio" o gerente administrativo da firma, Carlos Roncal.

Os próprios mineradores resgataram os oito trabalhadores que morreram soterrados pelo lodo, acrescentou a fonte. EFE mmr/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.