Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Desfiles na Sapucaí terminam, mas Carnaval continua em todo país

Rio de Janeiro, 16 fev (EFE).- Após o fim dos desfiles das escolas de samba no Sambódromo, no Rio de Janeiro, foliões voltaram às ruas de todo o país nesta terça-feira, último dia de Carnaval, para os milhares de blocos e festas que ainda ocorrem.

EFE |

A festa começou cedo quando os integrantes do bloco Acorda saíram com apitos e matracas pelas ruas do Recife para convocar o povo a mais um dia de Carnaval.

"Parem de dormir: o carnaval ainda não acabou" foi o refrão dos integrantes do bloco no percurso pelas ruas da cidade.

O carnaval termina oficialmente com o início da quarta-feira, mas como o país praticamente continuará parado até o meio-dia, ninguém quer desperdiçar as últimas horas de festa.

O Sambódromo ficou vazio na madrugada de terça-feira, após a apresentação da Mangueira, última a desfilar.

Porém, no resto do Rio, onde os desfiles dos blocos de rua reuniram um recorde de perto de 2,5 milhões de pessoas desde sexta-feira passada, o panorama não demorou a mudar.

Dos cerca de 500 blocos programados para todo o Carnaval na Cidade Maravilhosa, oito desfilaram nesta terça-feira.

Os primeiros a sair hoje foram A Rocha, Carmelitas e Quizomba, que, mesmo com a temperatura perto dos 40 graus e sob um sol ardente, ao meio-dia já arrastavam milhares de pessoas na zona sul e no centro da cidade.

O Carmelitas voltou a demonstrar hoje sua popularidade ao reunir milhares de pessoas nas ladeiras do charmoso bairro de Santa Teresa.

Em Salvador, que concorre com o Rio pelo título da cidade que mais pessoas coloca nas ruas durante o Carnaval, igualmente começou cedo o último dia de desfiles dos trios elétricos.

Os desfiles dos 64 trios previstos para terça-feira em Salvador começaram por volta das 10h, quando a banda Quero começou a percorrer o chamado Circuito Osmar.

O troféu Estandarte de Ouro, dado pelo jornal "O Globo" às melhores escolas há quase três décadas, deu hoje pistas de quais serão os favoritos no Rio, onde nesta quarta ocorre a apuração dos votos.

O júri do diário escolheu como a melhor do carnaval deste ano a Unidos da Tijuca, que também teve a comissão de frente premiada como a melhor.

A escola que mais recebeu prêmios do júri, no entanto, foi a Vila Isabel - enredo, ala, porta-bandeira e mestre-sala.

O desfile da Unidos da Tijuca é apontado por vários especialistas como um dos favoritos ao título graças à habilidade da escola para mostrar truques de mágica e assuntos misteriosos no Sambódromo.

Já a Vila Isabel fez uma homenagem ao compositor e poeta Noel Rosa, nascido no bairro há 100 anos e um dos maiores sambistas da cidade. O samba-enredo foi composto por outro filho ilustre do bairro, Martinho da Vila. EFE cm/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG