Desfile de Ano Novo em Londres lembra seqüestrados pelas Farc

(corrige guia) Londres, 31 dez (EFE).- A London Parade, desfile com o qual a capital britânica dá tradicionalmente as boas-vindas ao ano novo, terá neste 1º de janeiro uma lembrança especial para as centenas de colombianos seqüestrados pelas Forças Armadas Revolucionárias Colombianas (Farc).

EFE |

A embaixadora colombiana em Londres, Noemí Sanín, representará os diplomatas latino-americanos na celebração e fará parte do júri do desfile, que completa seu 23º aniversário.

Sanín pediu às autoridades londrinas que "ao mesmo tempo em que comemorem o ano novo, peçam a liberdade dos seqüestrados e não deixem que as pessoas na Colômbia vivam sem liberdade", informou hoje a embaixada colombiana.

Um carro com as bandeiras da Colômbia e do Reino Unido mostrará imagens que simbolizam a defesa da liberdade e a condenação do seqüestro, junto a dois cartazes com o lema: "The London Parade supports victims of kidnap in Colombia" (O desfile de Londres apóia as vítimas do seqüestro na Colômbia).

O desfile começará às 12h locais (10h de Brasília) e terminará três horas depois no Picadilly Circus, no centro da capital inglesa.

A embaixadora Sanín estará acompanhada de seus colegas da Alemanha e Itália (representando a Europa), Canadá (representando a América do Norte), e o Alto Representante da Comissão da Índia (representando a Ásia). EFE fpb/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG