Desertor do Exército americano pede asilo na Alemanha

Um soldado americano, que desertou porque não queria servir no Iraque, defenderá quarta-feira sua solicitação de asilo diante do Departamento da Imigração da Alemanha, afirmando que pode ir para a prisão se for expulso do país europeu.

AFP |

Andre Shepherd, 31 anos, que estava numa base militar dos Estados Unidos na Alemanha, desertou em junho de 2007 porque sua unidade devia voltar ao Iraque. Ele já havia servido de setembro de 2004 a fevereiro de 2005 no país árabe, onde era encarregado da manutenção de helicópteros Apache.

Shepherd, nascido em Ohio e que mora agora na Alemanha, explicou à AFP que desertou porque não queria participar de uma "guerra ilegal".

Tim Huber, membro de uma ONG que dá conselhos aos militares, afirma que uma diretriz da União Europeia em vigor desde 2004 estipula que o direito de asilo deve ser concedido aos indivíduos que se recusem a participar de um conflito envolvendo "crimes de guerra ou crimes contra a humanidade".

A audiência de quarta-feira será a portas fechadas, e uma decisão administrativa é esperada para o mês de junho, segundo o advogado de Shepherd, Reinhard Max.

ric/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG