Desempregado é condenado a multa de 30 euros por ofender Sarkozy

A justiça francesa condenou Hervé Eon, um desempregado de 56 anos ao pagamento de uma multa de 30 euros com direito a sursis, nesta quinta-feira, como punição por ter ofendido o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

AFP |

Eon apareceu na frente do carro de Sarkozy com um cartaz onde se lia "dê o fora, seu idiota" - frase usada pelo próprio presidente em fevereiro deste ano para enxotar um homem que se recusou a apertar sua mão no Salão de Agricultura de Paris.

Em seu veredito, o tribunal destacou que "se o acusado (...) tivesse apenas a intenção de dar uma lição de boas maneiras (...)" ao presidente, deveria ter escrito algo como "isto não deve ser dito" antes da frase "dê o fora, seu idiota".

O vídeo, feito por um cinegrafista amador, em que Sarkozy aparece xingando o homem que se recusou a cumprimentá-lo, foi amplamente divulgado na internet.

A promotoria de Laval (centro-oeste) havia condenado o acusado a pagar uma multa de 1.000 euros (cerca de 1.300 dólares), estimando que "quando se insulta o presidente, se insulta a instituição".

Hervé Eon, ex-vereador socialista e militante da Rede Educação Sem Fronteiras, que protege imigrantes ilegais com filhos matriculados em escolas francesas, anunciou que vai recorrer da sentença.

cor-dec/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG