Descontentamento de partidários de Hillary ameaça unidade democrata

Paco G. Paz Denver (EUA.

EFE |

), 25 ago (EFE).- O descontentamento dos simpatizantes de Hillary Clinton na Convenção do Partido Democrata, que resistem em apoiar o candidato à Presidência Barack Obama, ameaça o principal objetivo da reunião, que é conseguir a unidade legenda.

Algumas delegações presentes à convenção iniciada hoje em Denver, como a de Kentucky, já anunciaram que vão votar na senadora de Nova York quando o nome dela for submetido à consulta, na próxima quarta-feira.

"Vamos votar nela, porque achamos que é a mais qualificada, e também porque assim indicou o voto popular quando foram realizadas as primárias em Kentucky", disse à Agência Efe um jovem delegado do grupo, Marshall Tyler Murphy.

A opinião dos delegados de Kentucky mostra como a Hillary ainda conta com um grupo de ferrenhos seguidores que estão descontentes com a escolha de Obama como candidato, apesar da apertada batalha nas primárias.

Como consolação, a campanha do senador por Illinois permitiu que o nome de Hillary fosse submetido à votação na convenção, um gesto simbólico que pretende compensar os simpatizantes da ex-primeira-dama e, como último objetivo, conseguir a unidade do partido.

Entretanto, alguns destes simpatizantes decidiram expor seu descontentamento formalizando um grupo que se autodenomina Democratas por McCain, que diz que vai votar no candidato do Partido Republicano nas eleições de novembro.

Segundo o líder do movimento, Silverio Salazar, o senador McCain "é um candidato que está pronto para ser presidente desde o primeiro dia".

Outros, como Neil Emmons, democrata da delegação do Texas, afirma que votará em Obama, mas ainda dará seu apoio a Hillary na quarta-feira na convenção.

A opinião deste delegado não é unânime entre os que preferem a senadora por Nova York. Segundo uma pesquisa publicada hoje pelo jornal "USA Today", menos da metade dos simpatizantes de Hillary, 47%, tem certeza de que votará em Obama em novembro.

Quase 30%, de acordo com a pesquisa, se mostraram dispostos a escolher McCain, ou inclusive se abster no pleito.

Daí a importância do desafio de Barack Obama de sair da convenção com o partido unificado e com o pleno respaldo a sua candidatura.

O membro da Assembléia de Nova York Adriano Espaillat, que fez campanha por Hillary e não pôde viajar para Denver por motivos de agenda, explicou à Agência Efe por telefone que o partido se unirá em torno de Obama, embora os delegados por Nova York devam votar "em função de sua consciência".

"Obama venceu nas primárias, e ele deve ser aquele em que os democratas vão apostar", disse.

Precisamente, o primeiro ato de Hillary em Denver foi uma reunião com sua delegação, a de Nova York, onde foi recebida com cartazes que diziam que "Hillary fez História".

No café-da-manhã, a senadora deixou claro que fará de tudo para mostrar seu pleno apoio a Obama, apesar de ter reconhecido que alguns de seus partidários estão reticentes quanto ao voto no senador de Illinois.

"Não sei", disse Hillary quando perguntada sobre o porque desta hesitação. "Estou fazendo tudo o que posso, e acho que demonstrei isso", acrescentou.

Assim ela se referiu às dúvidas dos membros da campanha de Obama, que pensam que Hillary poderia ter mostrado mais entusiasmo em seu apoio.

A senadora explicou que, quando tiver a palavra na convenção amanhã, dará seu total respaldo ao candidato, e no dia seguinte se reunirá com os delegados para notificar sobre a liberação do compromisso de votar nela, para que o façam em favor de Obama.

"Muitos deles votarão em Obama, mas outros se sentem na obrigação de cumprir com o compromisso feitos com os eleitores", afirmou Hillary, ao deixar a porta aberta ao voto contra Obama.

A senadora também criticou McCain por lançar anúncios de campanha nos quais são reproduzidas críticas suas a Obama feitas durante as primárias.

"Sou Hillary Clinton, e não aprovo esta mensagem", ressaltou a senadora. EFE pgp/rb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG