Descarrilamento de vagão de trem no Equador fere 14 crianças

Quito, 12 jan (EFE).- O descarrilamento de um vagão de um trem urbano nas proximidades de Quito nesta segunda-feira deixou 14 crianças feridas, informou à Agência Efe Johnny Franco, porta-voz da Cruz Vermelha equatoriana.

EFE |

O vagão, que levava cerca de 30 crianças, tombou depois de ter descarrilado supostamente devido a uma falha técnica que aconteceu em um cruzamento de vias, momentos após o trem ter começado a se movimentar.

O gerente da Empresa de Ferrovias Equatoriana, Jorge Carrera, explicou em entrevista coletiva que o acidente aconteceu quando a alavanca de mudança das vias modificou o trajeto do trem sem que todos os vagões tivessem passado pelos trilhos, o que fez o segundo carro descarrilar e tombar.

Ele informou que 10 das 14 crianças foram atendidas com politraumatismos pelas ambulâncias no local do acidente, mas que quatro foram levadas ao hospital de especialidades infantis Baca Ortiz, porque tiveram traumatismos "fortes no tórax e nas costas", mas seu estado é desconhecido.

O trem, que fazia seu trajeto inaugural, faz parte de um projeto turístico que pretende reabilitar e promover as ferrovias do Equador construídas há um século e que atravessam parte da zona andina do país. EFE ic/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG