Desabrigados exigem que ministro cumpra promessa na Indonésia

Jacarta, 2 dez (EFE).- Mais de mil vítimas do chamado vulcão de lodo da Indonésia se manifestaram hoje em frente ao palácio presidencial para exigir o pagamento imediato das indenizações pendentes pela perda de suas casas há dois anos e meio.

EFE |

Os manifestantes exigem que a mineradora Lapindo Brantas, de propriedade do empresário e ministro de Bem-Estar Aburizal Bakrie, cumpra a promessa do presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, de que ela compensaria os desabrigados, segundo a agência oficial "Antara".

As vítimas ressaltaram que 80% da indenização ainda não foram pagos, embora tivessem que ser entregues este mês.

Esta reivindicação coincide com um momento de dificuldades financeiras para o conglomerado empresarial do ministro, que se viu obrigado a vender parte de seus ativos para saldar dívidas pendentes no contexto da crise global.

Os manifestantes, provenientes de povoados afetados pelo "vulcão de lodo" de Sidoardjo, 700 quilômetros ao leste da capital, instalaram-se na Grande Mesquita de Istiqlal de Jacarta.

Mais de 15 mil pessoas permanecem desabrigadas desde maio de 2006, quando o gêiser entrou em erupção, expelindo lama equivalente ao conteúdo de 53 piscinas olímpicas e alagando residências, empresas, ferrovias e estradas.

Segundo os analistas, a origem da catástrofe reside nos trabalhos de prospecção realizados pela mineradora na região.

No entanto, a empresa negou o tempo todo seu envolvimento, alegando que o "vulcão de lodo" foi detonado por um forte terremoto que aconteceu dois dias antes, a centenas de quilômetros.

Todas as iniciativas governamentais para frear o avanço do lodo, como represas, canalizações, e até feitiçarias em um centro de ocultismo, fracassaram.

A procuradoria rejeitou quatro vezes apresentar acusações criminais contra a Lapindo Brantas por negligência, embora siga investigando alguns funcionários. EFE jpm/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG