Desabamento em fábrica de alumínio mata 15 na Índia

Nova Délhi, 23 set (EFE).- Pelo menos 15 trabalhadores morreram hoje e outros 50 ficaram presos nos escombros após o desabamento da chaminé de uma fábrica de alumínio em construção no centro da Índia, informou uma fonte policial.

EFE |

O acidente ocorreu quando cerca de 100 empregados realizavam trabalhos de construção na fábrica, situada na zona de Balco Nagar, cerca de 250 quilômetros de Raipur, a capital do estado de Chhattisgarh, segundo o superintendente da Polícia do distrito, citado pela agência "Ians".

"Lançamos uma operação de resgate para salvar cerca de 50 trabalhadores e engenheiros presos sob as ruínas da chaminé que desabou", disse o agente, que precisou que a unidade pertence à empresa Bharat Aluminium Company Ltd. (Balco), do grupo de mineração britânico Vedanta Resources.

As autoridades regionais já ordenaram à Polícia e ao chefe do distrito que apresentem uma denúncia contra a Vedanta, criticada na Índia pelos ativistas por causa da construção de minas. EFE amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG