Desabamento de túnel subterrâneo entre Gaza e Egito mata 2 palestinos

Gaza, 21 set (EFE) - Dois palestinos morreram hoje quando um túnel subterrâneo de contrabando entre Gaza e Egito no qual se encontravam desabou, informaram fontes da segurança palestina. As equipes de resgate estão tentando retirar os corpos do local, situado na fronteira entre Egito e a cidade de Rafah, no sul de Gaza, acrescentaram as fontes. Outros quatro palestinos morreram desde semana passada no desabamento de vários dos cerca de 200 túneis que ligam Gaza com o deserto egípcio do Sinai. Nos últimos meses, o número de vítimas mortais por este motivo passou dos 40. Os palestinos culpam destas mortes as autoridades egípcias, às quais acusam de destruir ou inutilizar os túneis inundando-os com água ou gás e até mesmo com explosivos. Trabalhadores palestinos, muitos deles jovens, ganham cerca de US$ 100 por metro escavado de túnel, que costumam ter uma profundidade de 20 a 30 metros e um comprimento que varia entre os 600 e os 1.200 metros.

EFE |

EFE sar/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG